"O que escolher fazer para tua vida, faça com AMOR!

Seguidores

domingo, 8 de novembro de 2009

Família...


Família é a base de toda a nossa formação, e do nosso caráter, basta lembrar que nós chegamos em uma família ainda bebês, e lá aprendemos os valores humanos, então daí se pode concluir a importância da atuação da família em nossas vidas. Família é onde se pode ser autêntico sem medo de que as pessoas vão te abondonar. Onde você manifesta suas virtudes e seus defeitos e onde você ama as pessoas apesar de seus defeitos. É o grupo de pessoas que permanece unido apesar dos conflitos, das brigas, onde se unem no sofrimento e na alegria. Família é uma grande árvore frondosa,cuja raiz sólida e exuberante se destaca.Seu caule resistente, denota a força e seus frutos são sadios, pois ao longo da vida foram regados com carinho e um grande Amor. É a razão e o objetivo da existência de cada ser humano. Sem ela, seríamos um nômade solitário e errante,cujo coração frio e sem seqüelas,morreria no anonimato.A familia enfrenta crises e supera….o casal vive um para o outro, e ninguem pensa em ser feliz sozinho…buscam a felicidade juntos!!!

Família é tudo e eu amo muito minha família.

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

TRAIÇÃO POR JUSTA CAUSA


O marido chega em casa e pega a esposa, na cama, com um garotão, 25 anos, forte, bronzeado, cheio de amor pra dar... Arma o maior barraco, mas a mulher o interrompe:


Antes, você deveria ouvir como tudo isso aconteceu...


Andava na rua, vi esse jovem maltrapilho, cansado e famintoEntão, com pena do estado dele, eu o trouxe para casa. Dei a ele aquela Refeição que eu havia preparado paravocê ontem E como você chegou tarde e satisfeito com o tira-gosto doboteco... não comeu, e eu guardei o jantar na geladeira, lembra-se?


Ele estava descalço, então dei a ele aquele seu par deSapatos que, como foi minha mãe que te deu, você nunca usou. Ele estava com sede e eu servi aquele vinho que estavaguardado... Para aquele sábado que você prometeu mas que nunca chega... Pois num dia é futebol, noutro poker, noutro pescaria,noutro peteca,noutro lavando o carro e assim por diante.


As calças estavam rasgadas, dei-lhe aquele seu jeansSemi-novo... Ainda estava em perfeito estado, mas não cabia mais emvocê. Como ele estava sujo, aconselhei-o a tomar um banho.... Fazer a barba, então dei a ele aquela loção francesa novinha que você Nunca usou, porque acha fedorenta. Daí, quando ele já ia embora, perguntou:


- Dona, tem mais alguma coisa que seu Marido não usa mais?


Nem respondi!!!!!!!............. Dei logo !!!



(Moral da história: Mulher só trai por justa causa)


Desconheço o autor, mas achei muito boa....

sexta-feira, 22 de maio de 2009

O melhor ginecologista


Devia ser chamado de o melhor ser humano...

Uma mulher chega apavorada no consultório de seu ginecologista e diz:

- Doutor, o senhor terá que me ajudar num problema muito sério. Este meu bebê ainda não completou um ano e já estou grávida novamente. Não quero filhos em tão curto espaço de tempo, mas num espaço grande entre um e outro...

O médico então perguntou:

- Muito bem. O que a senhora quer que eu faça?

A mulher respondeu:

- Desejo interromper esta gravidez e conto com a sua ajuda.

O médico então pensou um pouco e depois de algum tempo em silêncio disse para a mulher:

- Acho que tenho um método melhor para solucionar o problema. E é menos perigoso para a senhora.

A mulher sorriu, acreditando que o médico aceitaria seu pedido.

Ele então completou:

- Veja bem minha senhora, para não ter que ficar com dois bebês de uma vez, em tão curto espaço de tempo, vamos matar este que está em seus braços. Assim, a senhora terá um período de descanso até o outro nascer. Se vamos matar, não há diferença entre um e outro. Até porque sacrificar este que a senhora tem nos braços é mais fácil, pois a senhora não correrá nenhum risco...

A mulher apavorou-se e disse:

- Não doutor! Que horror! Matar um criança é um crime.

- Também acho minha senhora, mas me pareceu tão convencida a fazer isso, que por um momento pensei em ajudá-la.

O médico sorriu e, depois de algumas considerações, viu que a sua lição surtira efeito. Convenceu a mãe que não há menor diferença entre matar a criança que nasceu e matar uma ainda por nascer, mas já viva no seio materno.


O CRIME É EXATAMENTE O MESMO!!!!!

sexta-feira, 15 de maio de 2009

NINGUÉM MAIS NAMORA AS DEUSAS


Outro dia, a Adriane Galisteu deu uma entrevista dizendo que os homens não querem namorar as mulheres que são símbolos sexuais. É isto mesmo.Quem ousa namorar a Feiticeira ou a Tiazinha?As mulheres não são mais para amar; nem para casar. São para "ver".Que nos prometem elas, com suas formas perfeitas por anabolizantes e silicones?Prometem-nos um prazer impossível, um orgasmo metafísico, para o qual os homens não estão preparados...As mulheres dançam frenéticas na TV, com bundas cada vez mais malhadas, com seios imensos, girando em cima de garrafas, enquanto os pênis-espectadores se sentem apavorados e murchos diante de tanta gostosura.Os machos estão com medo das "mulheres-liquidificador".O modelo da mulher de hoje, que nossas filhas ou irmãs almejam ser (meu Deus!), é a prostituta transcendental, a mulher-robô, a "Valentina", a "Barbarela", a máquina-de-prazer sem alma, turbinas de amor com um hiperatômico tesão.Que parceiros estão sendo criados para estas pós-mulheres? Não os há.Os "malhados", os "turbinados" geralmente são bofes-gay, filhos do mesmo narcisismo de mercado que as criou.Ou, então, reprodutores como o Zafir, para o Robô-Xuxa.A atual "revolução da vulgaridade", regada a pagode, parece "libertar" as mulheres.Ilusão à toa.A "libertação da mulher" numa sociedade escravista como a nossa deu nisso: Superobjetos. Se achando livres, mas aprisionadas numa exterioridade corporal que apenas esconde pobres meninas famintas de amor, carinho e dinheiro.São escravas aparentemente alforriadas numa grande senzala sem grades.Mas, diante delas, o homem normal tem medo.Elas são "areia demais para qualquer caminhãozinho".Por outro lado, o sistema que as criou enfraquece os homens.Eles vivem nervosos e fragilizados com seus pintinhos trêmulos, decadentes, a meia-bomba, ejaculando precocemente, puxando sacos, lambendo botas, engolindo sapos, sem o antigo charme "jamesbondiano" dos anos 60.Não há mais o grande "conquistador".Temos apenas os "fazendeiros de bundas" como o Huck, enquanto a maioria virou uma multidão de voyeur, babando por deusas impossíveis.Ah, que saudades dos tempos das bundinhas e peitinhos "normais" e "disponíveis"...Pois bem, com certeza a televisão tem criado "sonhos de consumo" descritos tão bem pela língua ferrenha do Jabor (eu).Mas ainda existem mulheres de verdade.Mulheres que sabem se valorizar e valorizar o que tem "dentro de casa", o seu trabalho.E, acima de tudo, mulheres com quem se possa discutir um gosto pela música, pela cultura, pela família, sem medo de parecer um "chato" ou um "cara metido a intelectual".Mulheres que sabem valorizar uma simples atitude, rara nos homens de hoje, como abrir a porta do carro para elas.Mulheres que adoram receber cartas, bilhetinhos (ou e-mails) românticos!!Escutar no som do carro, aquela fitinha velha dos Beegees ou um cd do Kenny G (parece meio breguinha)...mas é tão boooom namorar escutando estas musiquinhas tranquilas!!!Penso que hoje, num encontro de um "Turbinado" com uma "Saradona" o papo deve ser do tipo:-"meu"... o meu professor falou que posso disputar o Iron Man que vou ganhar fácil!."-"Ah "meu"..o meu personal Trainner disse que estou com os glúteos bem em forma e que nunca vou precisar de plástica". E a música???Só se for o "último sucesso (????)" dos Travessos ou "Chama-chuva..." e o "Vai serginho"???...Mulheres do meu Brasil Varonil!!! Não deixem que criem estereótipos!!Não comprem o cinto de modelar da Feiticeira. A mulher brasileira é linda por natureza!!Curta seu corpo de acordo com sua idade, silicone é coisa de americana que não possui a felicidade de ter um corpo esculpido por Deus e bonito por natureza. E se os seus namorados e maridos pedirem para vocês "malharem" e ficarem iguais à Feiticeira, fiquem... igual a feiticeira dos seriados de Tv:Façam-os sumirem da sua vida!

sexta-feira, 1 de maio de 2009


"O que mais me surpreende na humanidade são os homens, porque perdem a saúde para juntar dinheiro, depois perdem o dinheiro para recuperar a saúde. E por pensarem anciosamente no futuro, esquecem do presente de tal formaque acabam por não vivernem o presente nem o futuro. E vivem como se nunca fossem morrer... e morrem como se nunca tivessem vivido."


Dalai Lama

domingo, 26 de abril de 2009


"Viva sua vida livremente, faça o que vier em sua mente, viva cada minuto intensamente. Ame e seja amado, sem ter medo de ser magoado, pois a vida está aí para ser amada."

quinta-feira, 23 de abril de 2009

BÊBADO E A SANTA

O sujeito está no maior porre na porta de um boteco e, de repente, aparece uma procissão.
Centenas de pessoas reunidas, carregando uma santa num andor toda decorada em verde e rosa. O cachaceiro berra:
- Olha a Mangueira aí, geeeente!
Enfezado, o padre se vira pro bêbado e esbraveja:
- Que falta de respeito, seu excomungado! Fique aí com o seu vício e nos deixe em paz com a nossa fé!
Mal o padre acabou de falar, a santa bate com a cabeça no galho de uma mangueira, cai e se espatifa no chão.
E o bêbado:
- Eu tentei avisar... Mas, o padre é estressadinho!!!!!

Atitudes precipitadas geralmente nos custam arrependimentos

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Caixa Preta e caixa Dourada


Tenho em minhas mãos duas caixas que Deus me deu para guardar. Ele disse:

- Coloque todas as suas tristezas na preta e todas as suas alegrias na dourada.

Eu entendi suas palavras e, nas duas caixas, tanto minhas alegrias quanto minhas tristezas guardei.

Mas, embora a dourada ficasse cada dia mais pesada, a preta continuava tão leve quanto antes.

Curioso, abri a preta. Eu queria descobrir o porquê, e vi na base da caixa um buraco pelo qual minhas tristezas saiam.

Mostrei o buraco a Deus e pensei alto:

- "Gostaria de saber onde minhastristezas podem estar..."

Ele sorriu gentilmente paramim e disse:

- Meu filho, elas estão aqui comigo!

Perguntei:

- Deus, por que deu-me as caixas? Por que a dourada inteira ea preta com o buraco?

- Meu filho, a dourada é paravocê contar suas bênçãos...

E a preta é para você deixarir embora suas mágoase tristezas...

Lembre-se sempre de guardar seus momentos mais felizese e deixar ir emboraas tristezas!!!


(Retirei do Orkut de minah amiga NEG@ e Desconheço o Autor)

terça-feira, 14 de abril de 2009

NEOQEAV



Meus avós já estavam casados há mais de cinqüenta anos e continuavam jogando um jogo que haviam iniciado quando começaram a namorar.


A regra do jogo era que um tinha que escrever a palavra "NEOQEAV" num lugar inesperado para o outro encontrar e assim quem a encontrasse deveria escrevê-la em outro lugar e assim sucessivamente.

Eles se revezavam deixando "NEOQEAV" escrita por toda a casa, e assim que um a encontrava era sua vez de escondê-la em outro local para o outro achar.

Eles escreviam "NEOQEAV" com os dedos no açúcar dentro do açucareiro ou no pote de farinha para que o próximo que fosse cozinhar a achasse.

Escreviam na janela embaçada pelo sereno que dava para o pátio onde minha avó nos dava pudim que ela fazia com tanto carinho. "NEOQEAV" era escrita no vapor deixado no espelho depois de um banho quente, onde a palavra iria reaparecer depois do próximo banho.

Uma vez, minha avó até desenrolou um rolo inteiro de papel higiênico para deixar "NEOQEAV" na última folha e enrolou tudo de novo.

Não havia limites para onde "Neoqeav" pudesse surgir. Pedacinhos de papel com "NEOQEAV" rabiscado apareciam grudados no volante do carro que eles dividiam. Os bilhetes eram enfiados dentro dos sapatos e deixados debaixo dos travesseiros.

"NEOQEAV" era escrita com os dedos na poeira sobre as prateleiras e nas cinzas da lareira. Esta misteriosa palavra tanto fazia parte da casa de meus avós quanto da mobília.

Levou bastante tempo para eu passar a entender e gostar completamente deste jogo que eles jogavam. Meu ceticismo nunca me deixou acreditar em um único e verdadeiro amor, que possa ser realmente puro e duradouro.

Porém, eu nunca duvidei do amor entre meus avós. Este amor era profundo. Era mais do que um jogo de diversão, era um modo de vida.

Seu relacionamento era baseado em devoção e uma afeição apaixonada, igual as quais nem todo mundo tem a sorte de experimentar.

O vovô e a vovó ficavam de mãos dadas sempre que podiam. Roubavam beijos um do outro sempre que se batiam um contra outro naquela cozinha tão pequena. Eles conseguiam terminar a frase incompleta do outro e todo dia resolviam juntos as palavras cruzadas do jornal. Minha avó cochichava para mim dizendo o quanto meu avô era bonito, como ele havia se tornado um velho bonito e charmoso.

Ela se gabava de dizer que sabia como pegar os namorados mais bonitos. Antes de cada refeição eles se reverenciavam e davam graças a Deus e bençãos aos presentes por sermos uma família maravilhosa, para continuarmos sempre unidos e com boa sorte.

Mas uma nuvem escura surgiu na vida de meus avós: minha avó tinha câncer de mama. A doença tinha primeiro aparecido dez anos antes.

Como sempre, vovô estava com ela a cada momento. Ele a confortava no quarto amarelo deles, que ele havia pintado dessa cor para que ela ficasse sempre rodeada da luz do sol, mesmo quando ela não tivesse forças para sair.

O câncer agora estava de novo atacando seu corpo. Com a ajuda de uma bengala e a mão firme do meu avô, eles iam à igreja toda manhã.

E minha avó foi ficando cada vez mais fraca, até que, finalmente, ela não mais podia sair de casa. Por algum tempo, meu avô resolveu ir à igreja sozinho, rezando a Deus para zelar por sua esposa. Então, o que todos nós temíamos aconteceu.

Vovó partiu. "NEOQEAV"foi gravada em amarelo nas fitas cor-de-rosa dos buquês de flores do funeral da vovó.

Quando os amigos começaram a ir embora, minhas tias, tios, primos e outras pessoas da família se juntaram e ficaram ao redor da vovó pela última vez.

Vovô ficou bem junto do caixão da vovó e, num suspiro bem profundo, começou a cantar para ela.

Através de suas lágrimas e pesar, a música surgiu como uma canção de ninar que vinha bem de dentro de seu ser.

Me sentindo muito triste, nunca vou me esquecer daquele momento.

Porque eu sabia que mesmo sem ainda poder entender completamente a profundeza daquele amor, eu tinha tido o privilégio de testemunhar a beleza sem igual que aquilo representava.

Aposto que a esta altura você deve estar se perguntando: Mas o que "NEOQEAV" significa?"


Nunca Esqueça O Quanto Eu Amo Você = "NEOQEAV"

domingo, 12 de abril de 2009

Às amigas e amigos modernos por Arnaldo Jabor























"Às amigas e amigos modernos: não deixem de ler.
Para as mulheres, uma verdade!
Para os homens, a realidade!
Você, homem da atualidade, vem se surpreendendo diuturnamente com o "nível" intelectual, cultural e, principalmente,"liberal" de sua mulher, namorada etc...
Às vezes sequer sabe como agir, e lá no fundinho tem aquele medo de ser traído - ou nos termos usuais - "corneado".
Saiba de uma coisa...
Esse risco é iminente, a probabilidade disso acontecer é muito grande, e só cabe a você, e a ninguém mais, evitar que isso aconteça - ou então - assumir seu "chifre" em alto e bom som.
Você deve estar perguntando por que eu gastaria meu precioso tempo falando sobre isso.
Entretanto, a aflição masculina diante da traição vem-me chamando a atenção já há tempos.
Mas o que seria uma "mulher moderna"?
A principio, seria aquela que se ama acima de tudo, que não perde (e nem tem) tempo com/para futilidades, é aquela que trabalha porque acha que o trabalho engrandece, que é independente sentimentalmente dos outros, que é corajosa, companheira, confidente, amante...
É aquela que às vezes tem uma crise súbita de ciúmes, mas que não tem vergonha nenhuma em admitir que esteja errada e de correr pros seus braços...
É aquela que consegue ao mesmo tempo ser forte e meiga, desarrumada e linda...
Enfim, a mulher moderna é aquela que não tem medo de nada nem de ninguém, olha a vida de frente, fala o que pensa e o que sente, doa a quem doer...
Assim, após um processo "investigatório" junto a essas "mulheres modernas" pude constatar o pior.VOCÊ SERÁ (OU É???) "corno", ao menos que:
- Nunca deixe uma "mulher moderna" insegura.
Antigamente elas choravam.
Hoje elas choram, mas depois disso simplesmente traem, sem dó nem piedade.
- Não ache que ela tem poderes "adivinhatórios".Ela tem de saber da sua boca - o quanto você gosta dela. Qualquer dúvida neste sentido poderá levar às conseqüências expostas acima.
- Não ache que é normal sair com os amigos (seja pra beber, pra jogar futebol) mais do que duas vezes por semana, três vezes então, é assinar atestado de "chifrudo".
As "mulheres modernas" dificilmente andam implicando com isso, entretanto, elas são categoricamente "cheias de amor pra dar" e precisam da "presença masculina".
Se não for a sua meu amigo... Bem...
- Quando disser que vai ligar, ligue, senão o risco dela ligar pra aquele ex, bom de cama é grandessíssimo.
- Satisfaça-a sexualmente. Mas não finja satisfazê-la.
As "mulheres modernas" têm um pique absurdo em relação ao sexo e, principalmente dos 30 aos 38 anos, elas pensam - e querem - fazer sexo TODOS OS DIAS (pasmem, mas é a pura verdade)...
Bom, nem precisa dizer que se não for com você...
- Lhe dê atenção. Mas principalmente faça com que ela perceba isso.
Garanhões maus (ou bem) intencionados sempre existem, e estes quando querem são peritos em levar uma mulher às nuvens. Então, leve-a você, afinal, ela é sua ou não é????
- Nem pense em provocar "ciuminhos" vãos.
Como pude constatar, mulher insegura é uma máquina colocadora de chifres.
- Em hipótese alguma a deixe desconfiar do fato de você estar saindo com outra.
Essa mera suposição da parte delas dá ensejo ao um "chifre" tão estrondoso que quando você acordar, meu amigo, já existirá alguém MUITO MAIS "comedor" do que você... Só que o prato principal, bem... Dessa vez é a SUA mulher.
- Sabe aquele bonitão que você sabe que sairia com a sua mulher a qualquer hora? Bem... De repente a recíproca também pode ser verdadeira.
Basta ela, só por um segundo, achar que você merece... Quando você reparar... Já foi.
- Tente estar menos "cansado". A "mulher moderna" também trabalhou o dia inteiro e, provavelmente, ainda tem fôlego para - como diziam os homens de antigamente - "dar uma", para depois, virar de lado e simplesmente dormir.
- Volte a fazer coisas do começo da relação. Se quando começaram a sair viviam se cruzando em "baladas", "se pegando" em lugares inusitados, trocavam e-mails ou telefonemas picantes, a chance dela gostar disso é muito grande, e a de sentir falta disso então é imensa.
A "mulher moderna" não pode sentir falta dessas coisas... Senão...
Bem amigos, aplica-se, finalmente, o tão famoso jargão "quem não dá assistência, abre concorrência e perde a preferência".
Deste modo, se você está ao lado de uma mulher de quem realmente gosta e tem plena consciência de que, atualmente o mercado não está pra peixe (falemos de qualidade), pense bem, antes de dar alguma dessas "mancadas"...proteja-a, ame-a, e principalmente, faça-a saber disso.
Ela vai pensar milhões de vezes antes de dar bola pra aquele "bonitão" que vive enchendo-a de olhares... e vai continuar, sem dúvidas, olhando só pra você!!!"É a pura realidade ... !!!

sexta-feira, 27 de março de 2009

"VAMOS JANTAR AMANHÃ?"


Quando um homem chama uma mulher para sair, não sabe o grau de estresse que desencadeia em nossas vidas.
Durante muito tempo, fiquei achando que eu era uma estressada maluca que não sabia lidar com isso, mas conversando com diversas pessoas, cheguei à conclusão de que esse estresse é um denominador comum a quase todas as mulheres, ainda que em graus diferentes (ou será que sou eu que só ando com gente estressada?).
O que venho contar aqui hoje é mais dedicado aos homens do que às mulheres.
Acho importante que eles saibam o que se passa nos bastidores.
Você, mulher, está flertando um Zé Ruela qualquer.
Com sorte, ele acaba te chamando para sair.
Vamos supor, um jantar...
Pronto, acabou seu último minuto de paz.
Ele diz, como se fosse a coisa mais simples do mundo 'Vamos jantar amanhã?'.
Você sorri e responde, como se fosse a coisa mais simples do mundo: 'Claro, vamos sim'.
Começou o inferno na Terra.
Foi dada a largada.
Você começa a se reprogramar mentalmente e pensar em tudo que tem que fazer para estar apresentável até lá.
Cancela todos os seus compromissos canceláveis e começa a odisséia.
Evidentemente, você também pára de comer, afinal, quer estar em forma no dia do jantar e mulher sempre se acha gorda.
Daqui pra frente, você começa a fazer a dieta do queijo: fica sem comer nada o dia inteiro e quando sente que vai desmaiar come uma fatia de queijo.
Muito saudável.
Primeira coisa: fazer mãos e pés.
Quem se importa se é inverno e você provavelmente vai usar uma bota de cano alto? Mãos e pés têm que estar feitos – e lá se vai uma hora do seu dia. Vocês (homens) devem estar se perguntando:- 'Mão tudo bem, mas porque pé, se ela vai de botas?' Lei de Murphy. Sempre dá merda.
Uma vez pensei assim... e o infeliz me levou para comer em um restaurante japonês daqueles em que se tem de tirar o sapato para sentar naqueles tatames. Tomei no cu bonito! Tive que tirar o sapato com aquela sola do pé cracuda, com o esmalte semi-descascado e cutícula do tamanho de um champignon!
Vai que ele te coloca em alguma outra situação impossível de prever que te obriga a tirar o sapato?... Para nossa paz de espírito, melhor fazer mão e pé, até porque boa parte dessa raça tem uma tara bizarra por pé feminino. OBS: Isso me emputece!... Passo horas na academia malhando minha bunda e o desgraçado vai reparar justamente onde? Na porra do pé! Isso é coisa de... Melhor mudar de assunto...
As mais caprichosas, além de fazer mão e pé, ainda fazem algum tratamento capilar no salão do tipo: hidratação, escova, corte, tintura, retoque de raiz, etc. Eu não faço, mas conheço quem faça.
E nessa se vão mais de duas horas do seu dia.
Dependendo do grau de importância que se dá ao Zé Ruela em questão, pode ser que a mulher queira comprar uma roupa especial para sair com ele. Mais horas do seu dia. Ou ainda uma lingerie especial, dependendo da ocasião. Pronto, mais horas do dia.
Se você trabalha, provavelmente vai ter que fazer as unhas na hora do almoço e correr para comprar roupa no final do dia em um shopping.
Ah sim, já ia esquecendo. Tem a depilação. Essa os homens não podem nem contestar. Quem quer sair com uma mulher não depilada, mesmo que seja apenas para um inocente jantar? Lá vai você depilar perna, axila, buço, virilha, sobrancelha, etc, etc. Tem mulher que depila até o cu!...
Mulher sofre! E lá se vai mais uma hora do seu dia. E uma hora bem dolorida, diga-se de passagem.
Parabéns, você conseguiu montar o alicerce básico para sair com alguém.
Pode ir para a cama e tentar dormir, se conseguir.
Eu não consigo, fico nervosa.
Se prepare, o dia seguinte vai ser tumultuado.
Ah, sim, você vai dormir COM FOME.
A dieta do queijo continua.
Dia seguinte.
É hoje seu grande dia.
Quando vou sair com alguém, faço questão da dar uma passada na academia no dia, para malhar desumanamente até quase cuspir o pulmão. Não, não é para emagrecer, é para deixar minha bunda e minhas pernas enormes e durinhas (elas ficam inchadas depois de malhar).
Mas supondo que você seja uma pessoa normal, vai usar esse tempo para algo mais proveitoso.
Geralmente, o Zé Ruela não comunica onde vai levar a gente.
Surge aquele dilema da roupa.
Com certeza você vai errar, resta escolher se quer errar para mais ou para menos.
Se te serve de consolo, ele não vai perceber.
Alias, ele não vai perceber nada.
Você pode aparecer de Armani ou enrolada em um saco de batatas, tanto faz.
Eles não reparam em detalhe nenhum, mas sabem dizer quando estamos bonitas (só não sabem o porquê).
Mas, é como dizia Angie Dickinson: - 'Eu me visto para as mulheres e me dispo para os homens'.
Não tem como, a gente se arruma, mesmo que eles não reparem.
E não adianta pedir indicação de roupa para eles, os malditos não dão sequer uma pista!
Claro, para eles é muito simples, os 'Madames' só precisam tomar uma chuveirada, vestir uma Camisa Pólo e uma calça e estão prontos, seja para o show de rock, seja para um fondue.
Nesse pequeno cérebro do tamanho de um caroço de uva só existem três graduações de roupa: Bermuda + Chinelo, Jeans + Pólo, Calça Social + Camisa Social.
Quando você pergunta se tem que ir arrumada é quase certo que o 'Madame' abra a boca e diga:- 'sei lá, normal, roupa normal'.
Eles não sabem que isso não ajuda em nada.
Escolhida a roupa, com a resignação de que se vai errar, para mais ou para menos, vem a etapa do banho.
Para mim é uma coisa simples: shampoo + sabonete.
Mas para muitas não é. Óleos, sabonetes aromáticos, esfoliação (horrível que seja com 's', né? Deveria ser com 'x'), etc.
E o cabelo? Bom, por sorte meu cabelo é bonzinho, não faz a menor diferença se eu lavar com um shampoo caro ou se lavar com Omo, fica a mesma coisa.
Mas tem gente que tem que fazer uma lavagem especial, com cremes e etc.
E depois ainda vem a chapinha, prancha e/ou secador.
Depois do banho e do cabelo, vem a maquiagem.
Nessa etapa eu perco muito tempo.
Lá vai a babaca separar cílio por cílio com palito de dente depois de passar rímel.
Melhor nem contar tudo que eu faço em matéria de maquiagem, se não vocês vão achar que sou maluca, digo, mais maluca.
Como dizia Napoleão Bonaparte, 'Mulheres tem duas grandes armas: lágrimas e maquiagem'.
Considerando que não faço uso das primeiras, me permito abusar da segunda.
Se você for uma pessoa normal, não perde nem vinte minutos passando maquiagem.
Depois vem a hora de se vestir.
Homens não entendem, mas tem dias que a gente acorda gorda.
É sério, no dia anterior o corpo estava lindo e no dia seguinte.... PORCA!
Não sei o que é (talvez seja nossa imaginação...), mas eu juro que acontece.
Muitas vezes você compra uma roupa para um evento que, na loja, é linda e lhe cai bem, mas, na hora de sair, fica um CU.
Se for um desses dias em que seu corpo está um cu e o espelho está de sacanagem com sua cara, é provável que você acabe com uma pilha de roupas recusadas em cima da cama, chorando, com um armário cheio de roupa e gritando 'EU NÃO TENHO ROOOOOUUUUUPAAAA'.
O chato é ter que refazer a maquiagem.
E quando você inventa de colocar aquela calça apertada e tem que deitar na cama e pedir para outro ser humano enfiar ela em você? Uma gracinha, você já vai para o jantar lacrada a vácuo. Se espirrar a calça perfura o pâncreas.
Ok, você achou uma roupa que ficou boa. Vem o dilema da lingerie. Salvo raras exceções, roupa feminina (incluindo lingerie) ou é bonita, ou é confortável.
Você olha para aquela sua calcinha de algodão do tamanho de uma lona de circo. Ela é confortável. E cor de pele. É praticamente um método anticoncepcional.
Você pensa:- 'Eu não vou dar para ele hoje mesmo.. Que se foda...'. Você veste a calcinha. Aí bate a culpa. Eu sinto culpa se ando com roupa confortável, meu inconsciente já associou estar bem vestida com sofrimento.
Aí você começa a pensar:- 'E se mesmo sem dar para ele, ele acaba vendo a minha calcinha... Vai que no restaurante tem uma escada e eu tenho que subir na frente dele... Se ele olhar para essa calcinha, broxará para todo o sempre comigo...'
Muito puta da vida, você tira a sua calcinha amiga e coloca uma outra; uma daquelas porras mínimas e rendadas, que com certeza vão ficar entrando na sua bunda a noite toda.
Melhor prevenir. Nessas horas a gente emburrece e acha que qualquer deslize seu vai espantar o sujeito de forma irreversível.
Os sapatos. Vale o mesmo que eu disse sobre roupas: ou é bonito, ou é confortável. Geralmente, quando tenho um encontro importante, opto por UMA PEÇA de roupa bem bonita e desconfortável, e o resto menos bonito, mas confortável.
FATO: Lei de Murphy impera. Com certeza a parte comprometida pelo desconforto vai me exigir esforço enorme. Ex: Vou com roupa confortável e sapato assassino. É certo que no meio da noite o animal vai soltar um:- 'Sei que você adora dançar, vamos sair para dançar?' Eu tento fazer parecer que as lágrimas são de emoção!...
Uma vez um sapato me machucou tanto, mas tanto, que fiz um bilhete para mim mesma e colei no sapato, para lembrar de nunca mais usar! Porque eu não dei o sapato?
Porra... Me custou muito caro!
Posso não usá-lo, mas quero tê-lo. Eu sei, eu sei, sou uma materialista do caralho!....
Vou voltar como besouro de esterco na próxima encarnação e comer muito cocô para ver se evoluo espiritualmente! Mas, por hora, o sapato fica.
Enfim, eu sei que existem problemas mais sérios na vida e o texto é em tom de brincadeira. Só quero que os homens saibam que é um momento tenso para nós e que ralamos bastante para que tudo dê certo..
O ar de tranqüilidade que passamos é pura cena... Sejam delicados e compareçam aos encontros que marcarem, ok?
E, se possível, marquem com antecedência, para a gente ter tempo de fazer nosso ritual preparatório com calma... Apesar do texto enorme, quero deixar claro que o que eu coloquei aqui é o mínimo do mínimo.
Existem milhões de outras providências que mulheres tomam antes de encontros importantes: clarear pêlos (vulgo 'banho de lua'), fazer drenagem linfática, baby liss... Enfim, uma infinidade de nomes que homem não tem a menor idéia do que se trata.
Depois que você está toda montadinha, começa a lutar mentalmente com dilemas que são tipo:- 'será que dou para ele?'... 'É o terceiro encontro, talvez eu deva dar...' Começa a bater a ansiedade.
Cada uma de nós lida de um jeito. Eu, como boa 'loser' que sou, lido do pior jeito possível. Tenho um faniquito e começo a dizer que não quero ir. Não para ele, é claro!... Ligo para a infeliz da minha melhor amiga e digo que não quero mais ir... Que sair para conhecer pessoas é muito estressante... Que se um dia eu tiver um AVC é culpa dessa tensão toda que eu venho passando na vida em todos os primeiros encontros... Que quero voltar tartaruga na próxima encarnação. Ela, coitada, escuta pacientemente e tenta me acalmar. Agora imaginem vocês, se depois de tudo isso, o filho da puta liga e cancela o encontro? 'Surgiu um imprevisto, podemos deixar para semana que vem?'. Gente!... Não é má vontade ou intransigência, mas eu acho inadmissível uma coisa dessas!... A menos que seja algo MUUUUIIIIIIITO grave!... Mesmo assim, eu fico puta, puta, PUTA da vida! Claro que na cabeça deles não custa nada mesmo!... Eles acham que é simples... Que a gente do jeito que levanta da cama vai direto pro carro deles!... Se eles soubessem o trabalho que dá, o estresse, o tempo perdido... Nunca ousariam remarcar nada. Sabe o que mais?!... Se fode aí!... Vem me buscar de maca e no soro, mas não desmarque comigo! Até porque, a essa altura, a dieta radical do queijo está quase me fazendo desmaiar de fome e é questão de vida ou morte a porra do jantar!
NÃO CANCELEM ENCONTROS A MENOS QUE TENHA ACONTECIDO ALGO MUITO, MUITO, MUITO GRAVE! GRAVÍSSIMO!... A GENTE SE MOBILIZA DEMAIS DA CONTA POR CAUSA DELES!...
Supondo que ele venha. Ele liga e diz que está chegando. Você passa perfume, escova os dentes e vai. Quando entra no carro já toma um eufemismo na lata:- 'HUMMM.... Tá cheirosa!' (tecla sap: 'Passou muito perfume, porra'). Ele nem sequer olha para a sua roupa... Ele não repara em nada... Ele acha que você é assim ao natural... Eu não ligo, acho até, que homem que repara muito é meio viado... Mas isso frustra algumas mulheres.
E se ele for tirar a sua roupa, grandes chances dele tirar a calça junto com a calcinha e nem ver. Pois é!.. Minha Amiga... Você passou a noite toda com a rendinha (que, por sinal, custou caro, pra caramba) atochada no rego para nada!....
Homens, vocês sabiam que uma boa calcinha, de marca, pode custar o mesmo que um MP4?... Favor tirar sem rasgar.
Quando é comigo, passo tanto estresse que chego no jantar com um pouco de raiva do cidadão. No meio da noite, já não sinto mais meus dedos do pé, devido ao princípio de gangrena causado pelo sapato de bico fino...
Quando ele conta piadas e ri, eu penso:- 'É, eu também estaria de bom humor, contando piada, se não fosse essa calcinha intra-uterina raspando no colo do meu útero'. A culpa não é deles, é minha, por ser surtada com a estética. Sinto o estômago roendo meu fígado, mas apenas belisco a comida de leve. Fico constrangida de mostrar toda a potência do meu estômago... Assim, de primeira!...
Para finalizar, quero ressaltar que eu falei aqui do desgaste emocional e da disponibilidade de tempo que um encontro nos provoca. Nem sequer entrei no mérito do DINHEIRO. Pois é, tudo isso custa caro. Vou fazer uma estimativa POR BAIXO, muito por baixo mesmo, porque geralmente pagamos bem mais do que isso e fazemos mais tratamentos estéticos:
Roupa....................................... R$ 250,00
Ligerie...................................... R$ 50,00
Maquiagem............................... R$ 50,00
Sapato...................................... R$ 250,00
Depilação................................. R$ 50,00
Mão e pé.................................. R$ 20,00
Perfume................................... R$ 160,00
Pílula anticoncepcional........... R$ 20,00
Ou seja, JOGANDO O VALOR BEM PARA BAIXO, gastamos, no barato, uns R$ 800 para sair com um Zé Ruela. Entendem porque eu bato o pé e digo que homem TEM QUE PAGAR O MOTEL? A gente gasta muito mais para sair com eles do que eles com a gente!

Musiquinha do Hipo....

video

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...